Lojas especializadas em um só tipo de doce


Conheça endereços bacanas que apostam em cardápios temáticos em que as balas, brigadeiros, cupcakes e até quindins são as estrelas

Primeiro foram os brigadeiros e os cupcakes, depois vieram as bombas de chocolate, os bolos de jeitão caseiro, os quindins e, de repente, as docerias centradas na produção de uma única especialidade se tornaram uma febre na cidade.

Para não cair na mesmice, essas lojas apostam em diferentes combinações de ingredientes e criam versões variadas do mesmo doce. É o caso da Tchocolath, na Vila Nova Conceição, que inaugura na segunda (13) uma filial dedicada apenas aos pães de mel. Além das quatro versões que já existiam na matriz, entre elas doce de leite e damasco, haverá outros dez sabores na nova loja da Vila Olímpia. São exemplos tangerina com gengibre, nozes e gianduia (R$ 6,00 cada).

* Preços sujeitos a alterações

Confira abaixo uma seleção de endereços com cardápio temático:

■ BALAS: especializada em caramelos artesanais, a moderna loja da Rua Pinheiros é a única franquia brasileira da Papabubble, marca importada de Barcelona. Há mais de quarenta sabores, entre eles limão-siciliano, mojito, café e manteiga, com sabor semelhante ao de uma butter toffee (R$ 18,00; 140 gramas). Na Rock Candy, nos Jardins, é possível observar o processo de elaboração dos doces sempre às 10h30 e às 16h30. Entre as 35 versões, torça para encontrar as de eucalipto, uísque, framboesa e banana (R$ 35,00; 250 gramas).

 

            Lu Bonometti: biscoitos derretem na boca
Lu Bonometti: biscoitos derretem na boca
(Foto: Fernando Moraes)

■ BOLACHAS: os biscoitos encontrados na nova Lu Bonometti Biscotti Dolcezze, nos Jardins, primam pela delicadeza. Algumas opções são pistache, amêndoa, avelã e gianduia (R$ 2,20 a unidade ou R$ 13,00 a embalagem de 100 gramas). Na Kukla Cookies, no mesmo bairro, a especialidade são as guloseimas que dão nome à casa. A receita chamada de chubbies combina chocolates amargo e meio amargo mais noz-pecã (R$ 4,50). Saindo da linha tradicional, a Fernanda Ribeiro Bolachas Decoradas, instalada em uma casinha cor-de-rosa na Vila Madalena,elabora artesanalmente biscoitos inusitados, com forma de bolsa Channel e até de posições do Kama Sutra (R$ 4,00 cada).

 

            Casa de Bolos: massa de milho bem úmida
Casa de Bolos: massa de milho bem úmida
(Foto: Fernando Moraes)

■ BOLO: vendidas inteiras, as massas simples e fofinhas, de jeitão caseiro, são a bola da vez no mercado de guloseimas. Na caprichosa Bolo à Toa, em Pinheiros, as receitas de laranja, limão ao iogurte (R$ 18,00) e cenoura com calda de chocolate (R$ 20,00)são acertos garantidos. Se preferir um sabor mais rústico, não eixe de provar a ótima versão de milho(R$ 9,00) da rede Casa de Bolos, com diversas unidades na capital.

Outras lojas bacanas: Boleria d’VóSanto Bolo e Tradicional Bolos Caseiros.

 

            Brigadeiros by Cousin's: docinhos são enrolados na hora
Brigadeiros by Cousin’s: docinhos são enrolados na hora
(Foto: Mario Rodrigues)

■ BRIGADEIRO: uma das primeiras a embarcar na onda dos brigadeiros gourmet, Juliana Motter comanda a charmosa Maria Brigadeiro, em Pinheiros. Lá, é possível escolher entre quarenta versões do docinho enrolado, entre elas, vinho do Porto, pistache e caramelo com flor de sal (R$ 3,50). Na Brigadeiros by Cousin’s, em Perdizes, a guloseima preparada com chocolates suíço, belga ou francês, também surge no recheio dos éclairs (R$ 9,00) e dos macarons (R$ 4,00).

Outras lojas bacanas: Brigadeiro BistrôBrigadeiro DicunhadaBrigaderiaLe Chef Gatô e Madame Brigadeiro.

 

            Helô Doces: os brownies fazem o maior sucesso
Helô Doces: os brownies fazem o maior sucesso
(Foto: Mario Rodrigues)

■ BROWNIE: o bolo de sotaque americano preparado pela Helô Doces é um dos melhores encontrados na cidade. Vendido em supermercados em uma simpática embalagem de marmitex, também pode ser comprado diretamente na loja de fábrica da marca, na Vila Madalena. Apenas ali, a porção com 500 gramas custa R$ 20,00. Sob encomenda, também faz outras versões da guloseima. No Queen Brownie, no Shopping Pátio Paulista, o doce aparece em quatro sabores: tradicional com amêndoas, café, laranja e pistache (R$ 6,80 a unidade individual).

 

            Cannoleria: canudos sicilianos de massa frita e recheio doce
Cannoleria: canudos sicilianos de massa frita e recheio doce
(Foto: Fernando Moraes)

■ CANNOLI: instalada nos fundos do Instituto Cultural Ítalo-Brasileiro, na Consolação, a Cannoleria de Alexandre Leggieri fez do quitute típico da Sicília uma tendência na cidade. Os canudos de massa frita aparecem em cinco versões, entre elas, as de doce de leite com amêndoas e de pasta de avelã italiana. A melhor receita ainda é a clássica, repleta de creme de ricota e frutas cristalizadas (R$ 5,00).

 

            Na The Cake Is on the Table: bolinhos de recheio equilibrado
Na The Cake Is on the Table: bolinhos de recheio equilibrado
(Foto: Mario Rodrigues)

■ CUPCAKE: o típico bolinho americano do tamanho de uma xícara ganhou receitas mais leves por aqui. Na colorida The Cake Is on the Table, na Chácara Santo Antonio, a sócia Paula Simões elabora versões de massa fofa e recheio suave, como a de nozes ao doce de leite (R$ 7,00). Pensando na colônia judaica, a Pricake, em Higienópolis, faz minicupcakes sem leite nem ovo. Entre os sabores, laranja com amora e coco com limão siciliano (R$ 3,20).

Outras lojas bacanas: CupcakeriaDelicake e Wondercakes.

 

            Faire la Bombe: éclairs de chocolate, mirtilo e mais sabores
Faire la Bombe: éclairs de chocolate, mirtilo e mais sabores
(Foto: Mariana Araújo)

■ ÉCLAIR: mais um endereço temático que compõe o trecho gastronômico da Rua dos Pinheiros. Na pequenina Faire La Bombe são assadas diariamente delicados tubinhos de massa crocante e leve. Para recheá-los, há damasco, limão-siciliano e pistache. Não deixe de pedir a tradicional versão de creme de baunilha e cobertura de chocolate francês Valrhona ao leite. Todos os sabores aparecem disponíveis em dois tamanhos (R$ 5,30 pequeno e R$ 7,80 grande).

 

            Macarons, da Ladurée: biscoitos à base de amêndoas
Macarons, da Ladurée: biscoitos à base de amêndoas
(Foto: Fernanda Frazão)

■ MACARON: o docinho-ícone da pâtisserie francesa está cada vez mais difundido entre os paulistanos. Prova disso é a vinda da grife parisiense Ladurée à cidade. Na loja do Shopping JK Iguatemi, única do país, os biscoitos montados com dois discos de farinha de amêndoa unidos por creme ganham versões de pistache, chocolate, limão-siciliano e flor de cerejeira (R$ 9,00).

 

Tchocolath: catorze versões de pão de mel
Tchocolath: catorze versões de pão de mel
(Foto: Tadeu Brunelli)
■ PÃO DE MEL: dona de uma das melhores receitas de pão de mel da cidade, aTchocolath, na Vila Nova Conceição, abre oficialmente na segunda (13) uma filial dedicada aos bolinhos de mel. Neste novo endereço, na Vila Olímpia, os tradicionais recheios, como doce de leite, brigadeiro e damasco, ganham a companhia de mais oito sabores. São exemplos tangerina com gengibre, nozes e gianduia. A unidade simples, apenas envolta em chocolate ao leite, amargo ou branco, custa R$ 4,50. Já a recheada sai por R$ 6,00.

 

            Fôrma de Pudim: versão com fava de baunilha
Fôrma de Pudim: versão com fava de baunilha
(Foto: Redação VEJA SÃO PAULO )

■ PUDIM: o ateliê Fôrma de Pudim, na Vila Nova Conceição, oferece mais de sete versões do doce, vendidas dentro de uma fôrma. A clássica, à base de fava de baunilha, custa R$ 77,00 na porção de 1 quilo, suficiente para até dez pessoas. Diariamente, há algumas unidades para pronta-entrega, mais o ideal é ligar com antecedência e fazer uma encomenda.

 

            Bendito Quindim: pistache, café, maracujá e até damasco
Bendito Quindim: pistache, café, maracujá e até damasco
(Foto: Fernando Moraes )

■ QUINDIM: o tradicional docinho brasileiro à base de gemas e coco reina sozinho nas prateleiras da Alice Quindins. Faça uma extravagância e leve uma caixa com doze unidades (R$ 29,00). De clima familiar, a Bendito Quindim, no Tatuapé, propõem diferentes sabores da guloseima. Aposte nas receitas de café, maracujá(R$ 3,20), pistache e damasco (R$ 3,50).

Fonte: Veja SP

Previous Seu apê no Butantã
Next O Brooklin do seu jeito

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *