CEO da RealtON Conta Sobre Suas Experiências e Expectativas no Mercado Imobiliário

RealtON!

 

Rogério Santos é CEO da RealtON e já atua há 25 anos no mercado imobiliário. Trabalhou em grandes empresas do setor como Vice-presidente, Gerente de Método de Engenharia, Diretor de Marketing e recebeu diversas premiações da área.

Devido toda a experiência de Rogério Santos, é curioso conhecer mais sobre sua trajetória e visão:

1. O que lhe atraiu ao mercado de imóveis que lhe faz estar já por estes 25 anos na área atuando também em Marketing?

Antes de mais nada, gostaria de agradecer o convite… Olha, eu diria que caí no mercado imobiliário meio que sem querer, estava cursando marketing na ESPM (Escola Superior de propaganda e Marketing) e neste período tive a “felicidade” de saber que eu teria um filho e isto me fez acelerar em busca de um novo trabalho e o mercado imobiliário foi o que me propiciou este crescimento fantástico. Minha gratidão reflete o fato de permanecer nele por quase 3 décadas. Diria que sou muito fiel a ele.

2. Na RealtON há um trabalho integrado entre Corretor online e Corretor tradicional. Com os avanços tecnológicos essa interação pode vir a melhorar, como você acha que isso acontecerá?

Temos uma crença de que a nova alfabetização forçosamente passa pela alfabetização digital. O profissional que é pouco familiarizado com os meios eletrônicos infelizmente está fadado a desaparecer como os dinossauros. O mundo como víamos a 10, 20 anos atrás já não é o mesmo. Parece clichê, mas nada em sua vida mais é feito sem interação digital. Assim para nós na empresa, não basta ser um excelente consultor imobiliário e conhecer bem do mercado. É necessário saber utilizar bem o universo online.

3. Qual foi a maior dificuldade que você vivenciou no mercado e como conseguiu convertê-la de maneira positiva?

Existe uma coisa boa e uma ruim de ter tanto tempo no mercado, a boa é de que você tem consciência de que tudo nele é cíclico, ou seja, tudo o que sobe, desce e vice-versa. Passei por menos de crise, de hiperinflação, de quebras de maiores companhias, de abertura de capitais, de consolidação das empresas, enfim diria que já vi de tudo um pouco e isto te prepara, te torna mais resistente para as dificuldades… Já a coisa ruim… a coisa ruim… esqueci… (risos).
Mas como aprendi com um rabino, onde há sombra há luz, pois somente a luz produz sombras, então sempre que há algo negativo, há do outro lado algo muito positivo em tudo isso.

4. Analisando o mercado de imóveis internacional, como é visto o mercado brasileiro lá fora?

Diria que por anos o Brasil, pelas questões de dificuldades da economia, inflação alta, dinamismo e criatividade eram à base de “ensino” ou de preparação para grandes executivos globais. Hoje em dia em função do quadro político brasileiro, a nossa imagem anda bem desgastada, mas como disse, tudo em nosso mercado é cíclico e a tendência é de que isso, tudo o que vem acontecendo, seja uma grande oportunidade para que o país se torne um exemplo para o mundo novamente.

5. Quais expectativas que você tem sobre o futuro do mercado imobiliário no Brasil?

As melhores possíveis, creio que se não chegamos no fundo do posso, estamos perto dele, portanto não tem mais o que cair. Melhorando o quadro político/financeiro, meu pensamento é de que o Brasil volte com força relevante nos próximos anos. Mas agora sustentado pela experiência do que não se deve fazer. As experiências negativas que tivemos nos últimos anos foram uma boa base de aprendizado para que não voltemos a incorrer nos mesmos erros em novas épocas de crescimento que estão por vir.

Obrigado Rogério Santos, por compartilhar as informações!

Conheça mais sobre a RealtON aqui: http://www.realton.com.br/institucional/sobre

Previous Você Já Conhece O Melhor Clube de Jundiaí?
Next Separamos Uma Lista de Filmes Incríveis para Você Curtir o Dia dos Namorados

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *